3o Encontro:Ecovila, Sustentabilidade e Espiritualidade

Posted on 09/23/2010

3


3o encontro

Dia de frio, dia de inverno, fogo no coração, num espaço de casas que se veem e se saúdam, com transparência, as crianças visitando a vizinha, com o som do rio continuando seu caminho, aguardando nossas ações. E nós, dispostos a compartilhar neste lugar lindo a energia deste Campo Grupal.

No 3o Encontro de Ecovila, Sustentabilidade e Espiritualidade vivenciamos a Dinâmica do Campo Grupal e dialogamos sobre:

Dinâmica para conhecer o campo grupal:

Convidar a um grupo de entre 12 e 25 pessoas. Juntar-se num espaço aberto grande ou um parque.

Criar uma rede entre tod@as as pessoas do grupo. Cada pessoa estende seus braços, unindo-se a outras 3 pessoas no máximo (algumas pessoas na periferia do grupo podem ficar com uma mão livre). Esta rede representa o campo grupal. Os braços são as conexões por onde fluem as diferentes forças. Percebemos essas forças através dos seguintes exercícios:

1. Um participante qualquer começa a vibrar uma de suas mãos e o movimento se transmite ao resto das pessoas. No momento em que alguém recebe a vibração por uma das mãos, a transmite pela outra. Esta vibração representa uma qualidade que trazemos ao grupo. Se estenderá mais ou menos de acordo com a intensidade que tenha. Num grupo tod@s recebemos continuamente influências do resto das pessoas, ao mesmo tempo que estamos enviando continuamente nossa própria bagagem.

2. Um participante da rede puxa em alguma direção. Em tod@ grup@ tem alguém que puxa (lider). Experimentar com distintas possibilidades: seguir, resistir ligeiramente, outra pessoa puxa em outra direção… Observar as tensões que se criam.

3. Todo o mundo puxa ligeiramente numa direção, ao mesmo tempo que nos deixamos arrastar ligeiramente pelas pessoas que nos rodeiam. Que acontece? Que significado tem?

4. Um participante da rede se deixa cair por falta de forças. Que lhe acontece? Qual é a diferença entre estar no centro ou ficar na periferia?

5. Um participante da rede quer abandonar o grupo. Desde onde é mais fácil? Que significado tem?

6. Possibilidade de que alguém proponha alguma outra experiência dentro da rede.

OBJETIVOS:

~ Ter uma ideia visual do campo grupal

~ Sentir as forças de atração e repulsão que se criam em tod@ grup@ e que percorrem o campo grupal.

~ Experimentar com os diferentes “papéis” (líder, seguidor, opositor, indiferente…) no campo grupal.

~ Reflexionar sobre as dinâmicas subjacentes em todo grup@, de que maneira nos influem e como influímos nelas.

Após a Dinâmica, o diálogo. Com os guardiões do coração, da palavra, da memória e do tempo. Após o dialogo, as questões, as dúvidas… os medos, desafios e soluções:

Questões levantadas no terceiro encontro sobre a criação de uma Ecovila/Vila Ecológica:

Conceitos:

  • O que é uma Comunidade?

  • O que é uma Ecovila?

  • Qual poderia ser o fator aglutinante da Ecovila/Comunidade?

Como é a Ecovila que deseja/sonha/imagina?

  • Onde está localizada? Mar ou Montanha? Zona urbana ou rural?

  • A que distância da cidade de Paraty?

  • Que tipos de espaços existem nela?

  • Quais são os espaços comuns?

  • O que é compartilhado nela?

  • Como seria sua casa/espaço individual? (Materiais, tamanho)?

  • A que distância sua casa estaria das demais?

  • Quantas famílias imagina vivendo lá?

O que você poderia fazer na Ecovila?

  • Você pretende/pode trabalhar na Ecovila?

  • De que maneira pretende participar/colaborar?

Quanto a compra de um terreno e construção da Ecovila:

  • Disponibilidade financeira a curto, médio ou longo prazo?

Sobre o grupo e os encontros da Ecovila:

  • Como você propõe que seja a organização e os encontros do grupo?

Outras sugestões ou comentários?

Algumas outras questões sugeridas (livro “Creating a life together, Diana Leafe Christian, 2003. New Society Publishers):

Questões de estilo de vida:

  • Você tem preferências ou restrições quanto a:

    • Tipos de moradores (jovens, solteiros/famílias, idosos, etc)

    • Moradores de classes sociais distintas

    • Presença de animais domésticos

    • Orientação sexual, ideológica ou religiosa

    • Uso de drogas

Configuração financeira:

  • Todos vão contribuir de maneira igual?

  • Os direitos de decisão estarão relacionados à contribuição econômica de cada um? Senão…?

  • Quais despesas a comunidade poderia compartilhar?

  • Poderia sugerir maneiras para a compra conjunta de um terreno?

  • Poderia sugerir maneiras para o financiamento da construção dos espaços comuns e individuais?

Disponibilidade financeira individual – quanto você teria disponível para:

PS: esta questão pode ser respondida anonimamente, se preferido.

  • A: Pagamento inicial (despesas iniciais, entrada, melhorias e concertos no terreno)

  • B: Contribuições mensais (taxas e custos de manutenção)

  • C: Pagamento por uma parcela individual no terreno

Questões espirituais:

  • Haverá uma orientação ou prática espiritual comum?

Questões políticas:

  • A comunidade será ativista ou vai apoiar membros politicamente ativos?

Questões educacionais:

  • A comunidade oferecerá aulas, cursos ou será um lugar demostrativo prático e de aprendizagem.

Marcado: